REVIEW: 3X22 – ”Blond Ambition [Season Finale]”

grimmbrasil.com

Vamos ficar por dentro de tudo que rolou em Grimm no ultimo episódio da temporada.

“Não! disse o rei, Prefiro morrer do que te colocar em perigo nessa jornada. PART II”
Grimm não poderia ter encerrado o seu terceiro ano de uma forma melhor. Eu lembro até hoje como a Finale da primeira temporada foi de tirar o fôlego, e a da segunda também foi boa (mesmo deixando um pouco a desejar), mas mesmo a da primeira não se compara à Blond Ambition, um final maravilhoso para encerrar essa terceira temporada que é a minha favorita da série até agora.

Grimm começou como uma série fraca, foi ganhando força aos poucos durante a primeira temporada e a terminou de uma forma excelente. A segunda temporada não só manteve a qualidade alcançada, mas sim a aumentou e o segundo ano da série foi ótimo do começo ao fim. Essa terceira temporada não foi diferente. Sei que algumas pessoas ficaram um pouco cansadas na primeira parte da temporada com uma sequência bem grande de fillers, porém, até os fillers dessa temporada estavam ainda melhores do que de costume, apresentando casos semanais interessantes e histórias divertidas. A trama principal então, esteve uma maravilha do começo ao fim. É só lembrar de episódios excelentes como “The Ungrateful Dead”, “The Wild Hunt”, “Synchonicity” e “The Law Of Sacrifice”, que vemos o quanto a trajetória desse ano foi boa. Talvez alguns ainda prefiram a segunda, mas para mim, essa foi a melhor temporada da série.

Mas falando da Finale em si, eu gostei muito, muito, muito de como o roteiro desse episódio foi bem planejado, bem escrito e bem estruturado. Todos os personagens principais da série tiveram seu espaço e foram bem utilizados. Tivemos também diversos personagens recorrentes participando devido ao casamento, e todos eles também funcionaram muito bem, e tiveram algum destaque bacana em algum momento. Ninguém esteve ali por acaso, todos tiveram alguma importância. Até mesmo DeEtta, a irmã de Rosalee, que teve a função de destruir aquele vestido horrível que ninguém gostava para Rosalee se casar em um vestido verdadeiramente bonito.

Nick Burkhardt, durante a temporada, mais uma vez provou que é um excelente protagonista e de fato o melhor personagem dessa série. E sempre que amamos um personagem, algo ruim tem que acontecer com ele. Fiquei de queixo caído com essa Finale porque em momento algum eu cheguei a acreditar que Adalind teria sucesso na sua tentativa e Nick perderia seus poderes. É claro que não vai demorar muito para ele voltar a ser um Grimm, afinal, a série é sobre ele sendo um Grimm, mas mesmo assim, tudo foi feito de um modo sensacional e eu também não faço a mínima ideia de como isso será desfeito.

Nick foi muito bem enganado por Adalind, com o plot da Poção Polissuco, fazendo-o transar com ela. Nem é traição alguma, afinal, para Nick, ele estava com Juliette, e Adalind conseguiu se passar por ela muito bem. Não ficou nem superficial, nem forçado, foi exatamente na dose certa. O choque de Juliette ao descobrir o que aconteceu foi válido, e não acho que isso vá se tornar um grande drama entre os dois, afinal, é bem claro como Nick foi engando e não tem culpa alguma. Só quero ver o que é que Adalind vai fazer quando pousar em Vienna e descobrir que fez tudo isso para Viktor, e ele na verdade não tem a menor ideia de onde Diana está. Aliás, esperava que Viktor fosse aparecer nessa Finale, porém dentro do contexto, de fato, a presença dele não era necessária no momento.

Se eu já estava gostando de Trubel, depois desse episódio, virei oficialmente fã dessa mais nova Grimm. Ela foi a primeira a perceber que Juliette não era Juliette, matou Weston e causou toda a confusão do final do casamento. Maravilhosa, apenas. E falando de Weston, a participação rápida e final dele na sua tentativa de matar Sean foi muito boa. Sean também esteve ótimo o episódio inteiro, procurando os rastros de Juliette e fazendo antídoto para Nick, e ele sendo baleado por Weston do nada, me pegou de surpresa. A cena foi ótima e tudo muito bem desenvolvido, porém já digo que não acho que Sean vá morrer. Não acho pelo simples fato de que ele é um dos principais da série e acredito que ele ainda tem muito a acrescentar.

Sean baleado nos levou a outro gancho completamente inesperado, que foi Wu encontrando os livros de Trubel e se relembrando do Aswang. Fiquei muito feliz que resgataram essa trama do personagem e então na próxima temporada, finalmente, Wu descobrirá a verdade. Tenho certeza que Wu será (na verdade, já é) bem mas útil que Hank. Hank, aliás, é o personagem mais apagado dessa Finale (e isso também é um ponto positivo).

Gostei de ver Bud. Fazia um tempinho que o personagem não aparecia, e ele é sempre bacana para o alívio cômico. Gostei também, quem diria, de rever Alice e Bart, os pais de Monroe. Principalmente Bart, que conseguiu realmente vencer seus preconceitos, e agora até abraça Rosalee e dá um vestido caríssimo de presente para ela. Também não esqueceram de Gloria, mãe de Rosalee, e DeEtta, que eu já citei.

O casamento de Monroe e Rosalee foi um show à parte. Nem há muito o que se dizer: foi tudo lindo e maravilhoso, fazendo jus ao que os personagens mereciam. Fiquei feliz que Trubel e a confusão toda só chegaram realmente no final, após serem trocadas as alianças e após o beijo. Seria muita crueldade se estragassem toda a cerimônia do melhor casal da série.

E acabou-se esse terceiro ano. Foi muito bom escrever sobre essa temporada completa de Grimm aqui no Série Maníacos. Muito obrigado à todos que sempre leem as reviews por aqui e até a próxima temporada. Já estou morrendo de saudades de Grimm.

Enfim , essa season lacrou demais!!

Fonte Manicomio Series

Deixe seu comentário: