Spoilers do último episódio da 4ª temporada!

grimmbrasil.com

A colunista Diana Mack já assistiu ao último episódio da 4ª temporada de Grimm e publicou no site SpoilerTV algumas informações e impressões de 4×22 “Cry Havoc”. Confira a tradução a seguir:

“Cry Havoc” é uma explosão! Tudo pode acontecer, mas eu tenho certeza de que vocês vão ver algumas coisas chegando. Depois de ver a cabeça de sua mãe – pobre Kelly Burkhart, que descanse em paz – em uma caixa, Nick fica louco por vingança e vai atrás da Realeza com a ajuda de Trubel. Mas a aliança de Juliette continua a levá-la para um caminho obscuro, então prepare-se: vai ser um final de temporada intenso que tenho certeza que vai deixar alguns plots interessantes para a 5ª temporada.

Gostei bastante das cenas de ação e realmente senti falta da Trubel, ela tem sido o ar fresco do mundo Grimm – mas também, tenha cuidado porque os primeiros minutos são difíceis de assistir. Admito que, nesta temporada eu estava começando a gostar da Juliette porque quando ela se tornou uma Hexenbiest, pensei que seria legal mas o seu enredo até agora tem sido irritante. Você não acha?

Alguns teasers do episódio:

– Tudo acontece nos primeiros minutos;
– Trubel descobre que Adalind está gravida;
– A Realeza tem uma queda por Hexenbeists;
– Jack, o Estripador irá aparecer novamente, mas não é como você acha;
– Bud menciona um(a) personagem que vimos durante esta temporada. Ele também tem as melhores falas durante o episódio;
– Em algum momento do episódio, gritos de Adalind;
– Após verem uma cena, vocês irão se perguntar: “Eles realmente estão indo por esse caminho?!”
– Há pelo menos duas mortes neste episódio;
– Nick e Kenneth tem alguns minutos de “confronto final”;
– Oh, e Nick e Juliette também tem o seu “confronto final”.

Algumas citações do episódio:

“Adalind saberia onde eles estão.” “Adalind? “A Adalind?”
“Vocês nunca dormem?”
“Foi horrível. Eu estou grávida, você sabe.”
“Este Grimm está ficando irritante.”
“Que tipo de arma você quer usar?” *Monroe se transforma* “Estou bem.”
“Eu me pergunto como eles vão chamar o filho.”

Deixe seu comentário: