6ª temporada: Elenco e produtores falam sobre “grande tristeza e grande esperança” na última temporada

Você pode estar triste pela última temporada de Grimm ter metade dos episódios que as temporadas anteriores, porém os showrunners* da série sobrenatural certamente não estão.

(*Showrunner é o mandachuva da série, é ele quem decide quem morre e quem sobrevive, que fica ou quem se despede da série. Normalmente ele também é um dos roteiristas, assim ele garante que o episódio será do jeito que ele imaginou.” – Fonte: Universal)

“Houve uma chance de termos conseguido os 22 [episódios], e estávamos , tipo, ‘Oh meu Deus,’” James Kouf diz, rindo. Ele e seu colega showrunner, David Greenwalt, estão sentados em cadeiras dobráveis fora de um dos principais cenários de Grimm em Portland, Oregon, aproveitando uma pausa das filmagens do penúltimo episódio para conversar com repórteres visitantes. “Essa é uma longa caminhada”, acrescenta Greenwalt. “Fizemos isso por cinco anos.”

“Sabe,” acrescenta Kouf, “estar 123 vezes pelo mundo dos contos de fadas, você começa a ficar um pouco esbelto.”

Mais tarde, dentro do cenário que serve como sótão espartano de Nick, David Giuntoli senta-se perto da cozinha e lida com as perguntas daqueles reunidos em torno da mesa de jantar de Burkhardt. O líder da série – que fez sua estreia como diretor no terceiro episódio da temporada – ressalta o quão gratos os membros do elenco estão pelo final de Grimm ter sido anunciado.

“Em primeiro lugar, foi muito lindo poder finalizar qualquer coisa em vida quando você sabe que é a última. Não seremos arrancados de vocês abruptamente, então isso foi legal”, ele diz, rindo. “Eu gosto de chamá-lo de Oregon, morte-com-dignidade, meio-que-nosso-hospício.”

Deixando de lado o humor, Kouf e Greenwalt disseram que eles tinham “energia suficiente, clareza e criatividade para nos impulsionar por 13 grandes episódios” e deram um teaser* que os três episódios finais são “um filme gigante.”

(*O teaser (em inglês “aquele que provoca” (provocante), do verbo tease, “provocar”) é uma técnica usada em marketing para chamar a atenção para uma campanha publicitária, aumentando o interesse de um determinado público alvo a respeito de sua mensagem, por intermédio do uso de informações enigmáticas no início da campanha. Fonte: Wikipedia)

Silas Weir Mitchell jurou que os telespectadores de longa data estarão felizes com as despedidas. “Eu acho que [os escritores estão] tentando responder as perguntas das pessoas que ficaram com a gente durante toda a série, cara”, diz ele. “Os fãs ficaram conosco todas as noites, em todos os episódios.  Eles merecem respostas. Eles merecem a satisfação do final.”

Mas o que acontecerá antes que esse final chegue? Aqui estão alguns teases colhidos de nossa visita aos cenários:

♦ Como falado no Winter Preview da TVLine, um novo inimigo aparecerá na metade da temporada.

♦ A última temporada está cheia de cenas noturnas ao ar livre. “É carregado de sentimentos da grande floresta negra / a aparência de Portland que sempre amamos e o aspecto de conto de fadas”, diz Greenwalt.

♦ Entre a chamada dos episódios passados nessa temporada: “Vou dizer: Haverá um figurino Hummel*”, ironiza Greenwalt.

(*São uma série de figuras de porcelana baseadas nos desenhos de Irmã Maria Innocentia Hummel.)

♦ A reservada Bree Turner aborda a nossa curiosidade sobre a gravidez de Rosalee dizendo: “Há algumas incidências de onde algumas barrigas falsas saíram. Mas também, estamos em tempo real, sabe, desde o final da temporada passada. Portanto, os 13 episódios são apenas 6 semanas. Mas eles fizeram várias escolhas criativas ao contar histórias que são realmente divertidas.”

♦ Talvez relacionado a algo que sabíamos anteriormente, talvez não, Greenwalt diz: “Há um salto de tempo muito interessante no final. Há uma certa brincadeira com o tempo.”

♦ Nick mostra um apego antinatural à varinha mágica no início da temporada, e o sentimento pode ser mútuo. Então, esse é o preciosooooo dele? “Não será tanto quando você pode suspeitar no início, mas sim, porque a varinha é muito poderosa para mãos humanas segurarem”, diz Greenwalt. Os episódios também prometem que “a varinha definitivamente ilustra  algo completo” e que quaisquer perguntas levantadas “serão respondidas”.

E por fim, e quanto a algum teaser para o final da série? “Estamos terminando de um jeito bom”, diz Greenwalt. “Grande tristeza e grande esperança, sabe?” Claire Coffee acrescenta: “Tudo está amarrado. Há grandes lembranças do porquê todo mundo gostou da série e o que a fez se tornar tão querida para as pessoas. Tudo isso volta, dez vezes maior.”

FONTE: TVLINE
Agradecimentos a Gabriel Bondarenko pela ajuda com a tradução.

 

Deixe seu comentário: