Citações de Abertura

page

Todo episódio de Grimm é iniciado com uma citação de algum conto de fada, não sendo apenas dos Irmãos Grimm. Veja a seguir as citações exibidas nos episódios da série.

1a

1×01 “Piloto”: “O lobo pensou consigo mesmo: ó que criatura tenra. Que bom bocado gordo…” (Chapeuzinho Vermelho)
1×02 “Bears Will Be Bears (Ursos são Ursos)”: “Ela olhou na janela e, depois, espiou pelo buraco da fechadura. Não vendo ninguém na casa, ela levantou a trava.” (Cachinhos Dourados e os Três Ursos)
1×03 “Beeware (Cuidado com as Abelhas)”: “Ela vai picar-te um dia. Mas tão gentilmente que tu nem sequer irás senti-la, até caíres morto”. (A Abelha Rainha)
1×04 “Lonelyhearts (Corações Solitários)”: “Lá, ela fez uma pausa por um instante pensando… Mas a tentação era tão grande que ela não conseguia vencê-la.” (Barba Azul)
1×05 “Danse Macabre (Dança Macabra)”: “De todos os lados, das portas, janelas e sarjetas, saíram em disparada ratos de todos os tamanhos, todos após o flautista.” (O Flautista de Hamelin)
1×06 “The Three Bad Wolves (Os Três Lobos Maus)”: ” ‘Porquinho, porquinho, deixa-me entrar’, disse o lobo para o porco. ‘Não, pelos pelos do meu que… que… quei… queixo’, disse o porco ao lobo.” (Os Três Porquinhos)
1×07 “Let Your Hair Down (Solte suas Tranças)”: “A feiticeira tinha o coração tão duro que baniu a pobre menina para um deserto, onde ela teve que viver em um estado miserável e infeliz.” (Rapunzel)
1×08 “Game Ogre (Caça aos Gigantes)”: “Fe, fi, fo, fum… Sinto o cheiro do sangue humano.” (João e o Pé de Feijão)
1×09 “Of Mouse and Man (Rato e Homem)”: “Sou impelido não a ranger os dentes como um rato grato e assustado, mas a rugir…” (Ratos e Homens)
1×10 “Organ Grinder (Orgãos)”: “Na volta, vamos ver as migalhas de pão… e elas vão nos mostrar, novamente, o caminho de casa.” (João e Maria)
1×11 “Tarantella (Tarantella)”: “Imediatamente, a sacerdotisa se transformou numa monstruosa aranha-duende e, bem rápido, o guerreiro se viu preso em sua teia.” (Jorōgumo)
1×12 “Last Grimm Standing (O Último Grimm Em Pé)”: “Os animais foram soltos na arena, e entre eles, um era de enorme tamanho e de aspecto feroz. Em seguida, o escravo foi lançado ali dentro.” (Androcles e o Leão)
1×13 “Three Coins in a Fuchsbau (Três Moedas na Toca da Raposa)”: “Para mim não há trincos nem ferrolhos, tudo aquilo que eu quero é meu.” (O Ladrão Mestre)
1×14 “Plumed Serpent (Serpente Adornada)”: “Disse o dragão: ‘Muitos cavaleiros deixaram suas vidas aqui. Em breve, terei um fim para ti também’. E ele exalava fogo pelas sete bocas.” (Os dois Irmãos)
1×15 “Island of Dreams (Ilha dos Sonhos)”: “Em pouco tempo, ele ficou tão apaixonado pela filha da bruxa que não poderia pensar em mais nada. Ele vivia à luz de seus olhos e fazia, de bom grado, tudo o que ela pedia.” (Os repolhos do Burro)
1×16 “The Thing with Feathers (A Coisa com penas)”: “Canta, meu passarinho dourado, canta! Eu pendurei minha sandália de ouro no teu pescoço.” (O Rouxinol e o Imperador da China)
1×17 “Love Sick (Amor Doentio)”: “Perdoa-me pelo mal que te fiz; minha mãe levou-me a fazê-lo, contra a minha vontade.” (Os repolhos do Burro)
1×18 “Cat and Mouse (Gato e Rato)”: “‘Talvez ele tenha sofrido algum acidente’, disse o rei, e, no dia seguinte, enviou dois outros caçadores para procurá-lo.” (João de Ferro)
1×19 “Leave It to Beavers (Deixe isto para os Castores)”: “‘Espere!’, disse o Troll, pulando na frente dele. ‘Esta é a minha ponte de pedágio. Tu tens que pagar um centavo para atravessar’.” (Os Três Cabritos Rudes)
1×20 “Happily Ever Aftermath (Sempre um Final Feliz)”: “E eles viveram felizes para sempre.” (Cinderela)
1×21 “Big Feet (Pés Grandes)”: “Ele tirou sua pele e jogou-a no fogo, e, então, ficou com a forma humana novamente.” (João Ouriço)
1×22 “Woman in Black (A Mulher de Preto)”: “Não será a morte, mas um sono de cem anos, em que a princesa deve cair.” (Bela Adormecida)

2a

2×01 “Bad Teeth (Dentes do Mal)”: “A maré de sangue esmaecido subiu e, em todos os lugares, acabou o ritual da inocência.” (O Segundo Advento)
2×02 “The Kiss (O Beijo)”: “Se um homem de coração puro se apaixonasse por ela, isto a traria de volta à vida”. (Bela Adormecida)
2×03 “Bad Moon Rising (Lua do mal)”: “Então ela começou a chorar amargamente, e disse: ‘O que pode uma menina pobre como eu fazer agora?’ ” (A Velha do Bosque).
2×04 “Quill (Ouriço)”: “A morte estava atrás dele e disse: ‘Segue-me, a hora da tua partida deste mundo chegou'” (Os Mensageiros da Morte).
2×05 “The Good Shepherd (O Bom Pastor)”: “Vestido com pele de ovelha, o lobo entrou no rebanho. Em seguida seguiu um pequeno cordeirinho” (O Lobo em Pele de Cordeiro).
2×06 “Over My Dead Body (Por Cima do Meu Cadáver)”: “Enquanto ele olhava para a frente, viu uma cobra rastejar para fora de um buraco no canto da cripta e se aproximar do corpo morto.” (As Três Folhas da Serpente).
2×07 “The Bottle Imp (O Gênio da Garrafa)”: “Deixa-me sair, deixa-me sair’, gritou o gênio. E o menino, pensando não haver nenhum mal, tirou a rolha da garrafa. ” (O Gênio na Garrafa).
2×08 “The Other Side (O outro lado)”: “Pensei em me transformar em uma bela marionete de madeira. Deve ser maravilhoso, uma que pode dançar, lutar e dar piruetas.” (As aventuras de Pinóquio)
2×09 “La Llorona”: “Em muitas noites escuras pessoas a viam caminhando ao longo do rio, chorando pelos seus filhos.” (A Mulher da Meia-Noite)
2×10 “The Hour of Death (A Hora da Morte)”: “E foi marcado pela Besta, a marca de seus parentes. Para que ninguém que visse sobrevivesse.” (As Três Folhas da Serpente).
2×11 “To Protect and Serve Man (Para proteger e servir ao Homem)”: “A Besta era simplesmente chamada de Wild. Personificava algumas naturezas, que podia ouvir a sua própria destruição”. (Wendigo).
2×12 “Season of the Hexenbiest (Estação da Bruxa)”: “Oh! Há uma bruxa terrível nesta casa que verteu seu veneno sobre mim e me arranhou com as unhas longas.” (Os Músicos de Bremen).
2×13 “The face off (Mostrando a Cara)”: “A vontade de vencer é a primeira condição da vitória” (Os Princípios da Guerra)
2×14 “Natural Born Wesen (Nascido Criatura)”: “Assim, os animais debateram entre si como poderiam afugentar os ladrões e, finalmente, tiveram uma ideia.” (Os Músicos de Bremen).
2×15 “Mr. Sandman (Sr. Sandman)”: “Então ele susurrou: ‘Agora temos olhos. Olhos! Um belo par de olhos infantis’ “. (Sandman).
2×16 “Nameless (Inominado)”: “Então, ele apertou o seu pé esquerdo com ambas as mãos, com tamanha fúria, que ele se dividiu em dois”. (Rumpelstiltskin).
2×17 “One Angry Fuchsbau (Um Fuchsbau Irritado)”: “Ele cantava uma doce música em tons tão suaves que nenhum humano podia resistir, ou detectar a origem”. (O Jardim do Paraíso).
2×18 “Volcanalis (Volcanalis)”: “O Diabo veio para casa, e declarou que o ar não estava puro: ‘Sinto cheiro de humana’.” (Os Três Cabelos de Ouro do Diabo).
2×19 “Endangered (Em Perigo)”: “Eles vão matá-lo e eu vou ficar, aqui no mato, sozinha e abandonada”. (Irmãozinho e Irmãzinha).
2×20 “Kiss of the Muse (Beijo da Musa)”: “Dize-me, ó Musa, a partir de qualquer fonte, tu pode conhecê-los”. (Odisseia).
2×21 “The Waking Dead” (Acordando Morto)”: “Papa Ghédé é um sujeito bonito, com seu chapéu e casaco de preto. Papa Ghédé está indo para o palácio! Ele vai comer e beber, quando voltar!” (Guédé).
2×22 “Goodnight, Sweet Grimm” (Boa Noite, Doce Grimm)”: “E anjos voando cantam para o teu descanso”. (Hamlet).

3a

3×01 “The Ungrateful Dead (O Morto Ingrato)”: “Mas, se eu ficar aos pés da pessoa doente, ela é minha” (A Madrinha Morte)
3×02 “PTZD – “Post-traumatic Zombie Disorder (TPTZ – “Transtorno pós-traumático de Zumbificação)”: “Não é mais surpreendente nascer duas vezes do que uma vez, tudo na natureza é ressurreição” (Citações e Provérbios de Voltaire)
3×03 “A Dish Best Served Cold (Um prato que é melhor servido frio)”: “Este é o parque da morte, onde ela gera vida para alimentá-la. Gritos de dor são música para o seu banquete” (O Cigano Espanhol)
3×04 “One Night Stand (Uma Noite de Amor)”: “Cada vez mais ela aprendia a amar os seres humanos e desejava poder sair do mar e viver entre eles.” (A Pequena Sereia)
3×05 “El Cucuy (A Coca)”: “Dorme, menino, dorme já; senão a Cuca vem te comer”. (Cuca).
3×06 “Stories We Tell Our Young (Histórias que Contamos a Nossos Jovens)”: “Nós não acreditamos, só tememos”. (Mitologia Inuíte)
3×07 “Cold Blooded (Sangue Frio)”: “Mas para os que vivem nos túneis, deixe-os em paz. E quando eles aparecerem, peça por misericórdia.” (Prólogos e Epílogos)
3×08 “Twelve Days of Krampus (Doze dias de Krampus)”: “Ó Árvore de Natal, ó Árvore de Natal, como são firmes os teus ramos!” (Ó Pinheirinho de Natal)
3×09 “Red Menace (Ameaça Vermelha)”: “Para matar Koschei, ‘o Imortal’, primeiro você deve encontrar a sua alma, que está escondida num ovo, numa pata posta numa caixa de chumbo enterrada debaixo de uma árvore de carvalho.” (A morte de Koschei o Imortal)
3×10 “Eyes of the Beholder (Olhos de Quem Vê)”: “Estou feliz esta noite; não olhes para mim, porque eu estou muito envergonhado da minha barganha.” (O Mercador de Veneza)
3×11 “The Good Soldier (O Bom Soldado)”: “Olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé.” (Lei de talião)
3×12 “The Wild Hunt (A Caçada Selvagem)”: “Volte à noite, eu vou manter a porta fechada para impedir a entrada dos caçadores selvagens.” (Irmãozinho e Irmãzinha)
3×13 “Revelation (Revelação)”: “Ainda assim, depois de um curto período de tempo, a angústia da família novamente se agravou e não havia nenhum alívio, em nenhum lugar a vista.” (João e Maria)
3×14 “Mommy Dearest (Querida Mamãe)”: “Eu estou indo para uma casa para entrar nela como uma cobra… Eu vou devorar seus bebês e fazer seu coração doer.” (Amuletos Bizantinos Medievais Mágicos e sua Tradição)
3×15 “Once We Were Gods (Uma Vez Que Éramos Deuses)”: Você não deve tornar-se corrupto, você não deve tornar-se pútrido, você não deve tornar-se um verme.” (O Livro dos Mortos)
3×16 “The Show Must Go On (O Show Tem que Continuar)”: “Sob tais condições, o que é mal na natureza humana vem à tona.” (Através da Selva Brasileira)
3×17 “Synchronicity (Sincronicidade)”: “Em todo caos há um cosmos, em toda desordem uma ordem oculta.” (Arquétipos do Inconsciente Coletivo)
3×18 “The Law of Sacrifice (A Lei do Sacrifício)”: “A rainha apavorada ofereceu ao pequeno homem todas as riquezas do reino, mas somente se ele deixasse o bebê em paz.” (Rumpelstilzchen)
3×19 “Nobody Knows the Trubel I’ve Seen (Ninguém conhece a “DGraça” que vi)”: “Ninguém conhece as desgraças que vi / Ninguém conhece o meu sofrimento.” (Louis Armstrong)
3×20 “My Fair Wesen (Minha Bela Criatura)”: “Deixou de ser um pássaro cinza, escuro, feio e desagradável de se ver, mas um cisne gracioso e bonito.” (O Patinho Feio)
3×21 “The Inheritance (A Herança)”: “Não’, disse o rei. ‘Prefiro morrer do que colocá-lo em tão grande perigo pois é o que você deve se deparar em sua jornada”. (A água da vida)
3×22 “Blond Ambition (Ambição Loira)”: “Retroceda, retroceda, ó noiva bonita. Dentro desta casa você não deve permanecer. É aqui que coisas perversas acontecem”.(A gata borralheira)

4

4×01 “Thanks For the Memories (Obrigado Pelas Memórias)”: “Conhecimento é Poder.” (Expressão latina, baseada no Livro dos Provérbios: 24,5)
4×02 “Octopus Head (Cabeça de Polvo)”: “A real posse de um homem é a sua memória. Em nada ele é mais rico, em nada ele é mais pobre.” (Citações e Provérbios de Alexander Smith)
4×03 “Last Fight (Última Luta)”: “Estrelas, escondam o seu brilho; não permitam que a luz veja meus profundos e obscuros desejos.” (Macbeth)
4×04 “Dyin’ on a Prayer (Morrer Em Uma Oração)”: “Lembra-te de que me formaste como o barro; agora me farás voltar ao pó?” (Jó 10:9)
4×05 “Cry Luison (Chora, Luison)”: “Ninguém acredita num mentiroso, mesmo quando ele diz a verdade.” (O Pastor Mentiroso e o Lobo – Fábula de Esopo)
4×06 “Highway of Tears (Rodovia de Lágrimas)”: “Não há misericórdia em ti. Tu cortas as cabeças de homens e mulheres e as usa em teu pescoço, como um colar.” (Deusa Kali, assassina de demônios)
4×07 “The Grimm Who Stole Christmas (O Grimm Que Roubou o Natal)”: “Só tenho de engolir isto e passar o resto dos meus dias a ser perseguido por uma legião de duendes, todos eles produto da minha criação. Um ultraje, eu lhes digo, um ultraje.” (Um Conto de Natal)
4×08 “Chupacabra (Chupa-cabra)”: “Cuide de sua família, nunca a perca de vista. Cuide de seu sangue, pois o Chupa-cabra tem fome.” (Folclore de países do continente americano)
4×09 “Wesenrein (Criatura Puro Sangue)”: “Ele os tinha levado perante o tribunal e uma decisão foi proferida.”
4×10 “Tribunal (Tribunal)”: “Que o Deus da Vingança agora ceda Seu lugar para punir os ímpios.”
4×11 “Death Do Us Part (Morte Faz Parte de Nós)”: “Agora ele sentiu que simplesmente não estava próximo dela, mas que não sabia onde ele terminava e ela começava.”
4×12 “Maréchaussée (Marechalato)”: “Todos veem o que você parece ser. Mas poucos sabem o que você realmente é .”
4×13 “Trial by Fire (Prova de Fogo)”: “E a glória, assim como a Fênix, ressurge das cinzas, exala seus odores, suas chamas e, sucumbe com um último suspiro.”
4×14 “Bad Luck (Azar)”: “Ninguém é tão supersticioso como o homem sem fé”, em A Cabana do Pai Tomás.
4×15 “Double Date (Encontro de casais)”: “Alguém poderia chamar aquela forma de mulher ou de homem, mas não parecia nenhum nem outro, mas o dois.”
4×16 “Heartbreaker (Desolador)”: “Que bobagens fala este sapo! Ele … não pode ser companheiro de um ser humano.”
4×17 “Hibernaculum (Residência de inverno)”: “Ah! Estava mais frio do que o gelo; ela penetrou o seu próprio coração.”
4×18 “Mishipeshu (A grande pantera d’água)”: “O Espírito que você procurar na água será apenas um reflexo de si mesmo.”
4×19 “Iron Hans (João de Aço)”: “Ele havia matado o homem, a caça mais nobre de todas, e ele tinha matado baseado na lei da matilha e da presa.”
4×20 “You Don’t Know Jack (Você Não Conhece Jack)”: “Pegue-me quando puder…”
4×21 “Headache (Dor de Cabeça)”: “Mais forte do que o amor é o ódio do amante. Incuráveis, cada uma das humilhações que elas provocam.”
4×22 “Cry Havoc (Chorar a Matança)”: “Ó, de agora em diante, meus pensamentos sejam só sangrentos; ou não sejam nada!.” citação de Hamlet, da obra de William Shakespeare.

5

 

 

5×01 “The Grimm Identity (A Identidade Grimm)”: “Não é de luz que precisamos, mas de fogo.” (Frederick Douglas)
5×02 “Clear And Wesen Danger (Limpeza e Ameaça Wesen)”: “Estime aqueles que buscam a verdade, mas cuidado com aqueles que encontram.” (Voltaire)
5×03 “Lost Boys (Garotos Perdidos)”: “Acho que já tive uma mãe.” (Peter Pan)
5×04 “Maiden Quest (Resgate da Donzela)”: “Quem tentar sem êxito, após três dia e três noites, será condenado à morte.” (As Doze Princesas Bailarinas)
5×05 “The Rat King (Rei dos Ratos)”: “Ratos! Brigaram com os cães e mataram os gatos…” (O Flautista de Hamelin)
5×06 “Wesen Nacht (Pesadelo Wesen)”: “Desperte, levante ou fique para sempre caído.” (Paraíso Perdido)
5×07 “Eve Of Destruction (O Apocalipse)”: “Eu fui entortada e empenada; mas, espero, para uma forma melhor.” (Great Expectations)
5×09 “A Reptile Dysfunction (Um Réptil Monstruoso)”: “Um otário nasce a cada minuto.” (David Hannum)
5×09 “Star-Crossed (Os Destinos se Encontram)”: “Só que você não deve beber o sangue; deve derramá-lo sobre a terra como água.” (Devarim)
5×10 “Map Of The Seven Knights (O Mapa dos Sete Cavaleiros)”: “A história é o pesadelo do qual estou tentando acordar.” (Odisseu)
5×11 “Key Move (Elemento-chave)”: “Não está em mapa algum; os verdadeiros lugares nunca estão.” (Moby Dick)
5×12 “Into The Schwarzwald (Explorando a Floresta Negra)”: “O que é passado é prólogo.” (A Tempestade)
5×13 “Silence Of The Slams (O Silêncio dos Mascarados)”: “Dê uma máscara a um homem e ele mostrará sua verdadeira face.” (Oscar Wilde)
5×14 “Lycanthropia (Licantropia)”: “O mundo é cheio de coisas óbvias que ninguém tem a chance de observar.” (O Cão dos Baskervilles)
5×15 “Skin Deep (Superficial)”: “É incrível o quão é difundida a ilusão de que a beleza é igual a bondade.” (A Sonata a Kreutzer)
5×16 “The Believer (O Crente)”: “Somos nosso próprio demônio, e fazemos deste mundo nosso próprio inferno.” (Oscar Wilde)
5×17 “Inugami (Inugami, o Cão Vingador)”: “Vingança é um ato passional, represália da justiça.” (Samuel Johnson)
5×18 “Good to the Bone (O Adestramento de Animais)”: “O mal que os homens fazem vive depois deles; já a bondade é muitas vezes enterrada com seus ossos.” (Júlio César – Shakespeare)
5×19 “The Taming Of The Wu (A Domesticação de Wu)”: “Nada é tão doloroso para a mente humana como uma grande e repentina mudança.” (Frankenstein)
5×20 “Bad Night (Noite Ruim)”: “Temos que desconfiar uns dos outros. É a nossa única defesa contra a traição.” (Tennessee Williams)
5×21/22 “The Beginning Of The End (O Começo do Fim)”: “É melhor morrer de pé do que viver de joelhos.” (Emiliano Zapata)