Half-Wesen

PSite2

Half-Wesen são seres híbridos entre humanos e criaturas. Já apareceram em Grimm dois tipos de Wesen híbridos: os naturais e os artificiais. Um exemplo de um híbrido natural é Sean Renard, filho de um pai humano e uma mãe Hexenbiest. Um exemplo de híbrido artificial é Pierce Higgins (do episódio “The Other Side”), que é um Genio innocuo e tem DNA de Löwen; devido a alteração que sua mãe fez quando ele ainda estava no útero.

Se um humano tiver um filho com um Wesen, os resultados vão variar, no caso de uma Hexenbiest, a prole será inerente a capacidade de transformação (total). No entanto, devido à sua natureza híbrida, a prole terá apenas uma transformação parcial; certas partes do seu corpo aparecerão transformadas, enquanto outras não. Apesar disso, a prole ainda terá um grau de poderes Wesen – Sean Renard demonstrou um grau de força sobre-humana característico dos Zauberbiests.

No caso dos híbridos artificiais é imprevisível dizer o que vai acontecer. Um híbrido artificial terá dois lados diferentes de transformação. Sua forma natural de Wesen será a sua forma dominante e terá o controle completo sobre isso. Sua forma natural secundária existirá como uma personalidade separada com as próprias ambições. Durante períodos de estresse extremo, a forma secundária pode temporariamente aparecer. Ter que conviver com estes dois lados pode causa à primeira metade a experiência de grandes dores de cabeça e de fadiga. A metade primária pode passar anos sem saber sobre sua metade secundária. Deve ser notado que todas estas características foram vistas em Pierce Higgins, por isso, é bem possível que outros híbridos artificiais não apresentem todas estas características, se houver.

De acordo com Rosalee e Monroe, em circunstâncias normais, se um cônjuge é Wesen e o outro é um ser humano normal, então há 50% e chances da criança ser Wesen. Já se um cônjuge for “Kehrseite-Genträger” (ser humano com genes recessivos Wesen) e o outro Wesen, isso resultará em uma criança Wesen. Além disso, se os dois pais forem Wesen mas de tipos diferentes, então a prole será considerada um “Vorherrsch” com características biológicas da estirpe dominante sendo mais proeminente; há também um pequeno risco de problemas de saúde neste caso.